Grupo de Plastimodelismo e Pesquisa Santos Dumont - IPMS Brazil (São Paulo)

O carro comando da Raposa do Deserto – Sd.Kfz 250/3

Por Guilherme P. de Castro

O Sd.Kfz 250 foi uma série de veículos blindados de reconhecimento, projetada e construída pela empresa Demag no final dos anos 1930 e complementada por veículos de três toneladas denominados Hanomag. Os modelos 250 de série podiam transportar uma tripulação de seis soldados e tinham como armamento principal duas metralhadoras pesadas. Com a versão 250/3, as acomodações foram reduzidas a 3 ou 4 tripulantes para dar espaço ao volumoso equipamento de comunicações de rádio.

Nordafrika, Rommel im Befehlsfahrzeug "Greif"

Foram produzidos mais de 10 modelos diferentes dos veículos básicos, incluindo os de abastecimento e de colocação de cabos, os canhões antitanque, automotores e os de observação. O motor era um Maybach de 4.17 litros de seis cilindros com sete dianteiros e três engrenagens reversas. Sua velocidade máxima era de até 60km/h, e a capacidade interna de combustível permitia rodar até 300km.
Desempenhou papel decisivo junto ao Deutsche Afrika Korps sob o comando do legendário Marechal de Campo Erwin von Rommel – a Raposa do Deserto e que, através de seu hábil emprego de forças, a campanha do deserto se aproximou de uma vitória alemã, que não se concretizou por falta de material e combustível.

Era comum Rommel dirigir as operações estratégicas bem próximo à linha de frente. Seu carro de comando se tornou uma visão familiar para as tropas alemãs, que com a presença de seu líder, aumentava sua moral.

O tipo Sd.Kfz. 250/3 era a versão de reconhecimento meia lagarta, desenvolvido a partir do transporte de pessoal blindado, que foi um dos veículos mais comuns utilizados pelo Exército Alemão na 2ª Guerra Mundial. Algumas alterações ao veículo de Rommel incluíram a adição de combustível extra na parte posterior do veículo, itens de equipamento interno para uso do Comandante em Chefe, um potente rádio Funkprechgerat-F e antena Fu-8.

O uso pela Alemanha de transportes de tropas de meia-lagarta durante a guerra foi o resultado de uma exigência do Departamento de Artilharia Alemã e Infantaria mecanizada para manter alta sua mobilidade e estar sempre na vanguarda, junto das Divisões Panzer.
Airfix Sd.Kfz, 1/32

 

Com o código do fabricante A-6360, a Airfix relançou o kit do Sd.Kfz com nova roupagem. Originalmente seu lançamento data o ano de 1975. O kit é composto de quatro árvores contendo 210 peças, sendo 3 transparentes, injetado em plástico cinza claro, acompanham o conjunto esteiras e pneus dianteiros moldados em vinil. O molde, apesar da idade de mais de quarenta anos, ainda é muito satisfatório para os padrões atuais. A bela ilustração da caixa (que difere da minha, que é a antiga, lançada pela KIKO-HELLER nos anos de 1980), mostra o “GREIF” de Rommel em ação, em pleno deserto. Acompanha a figura de Marechal de Campo, um observador e o motorista. No conjunto de peças temos as metralhadoras MG 34, seis fuzis K98, uma MP-40 Schmeisser e pistola de sinalização. As peças que compõe o rádio são detalhas e o interior é bem satisfatório. As escotilhas frontais podem ser montadas aberta ou fechadas, apesar das laterais virem já estampadas (peças 64 e 69). O manual de instruções, com 18 etapas de montagem, em nada difere do original, tendo como diferencial o esquema de pintura, que é a cores. Os decais permitem decorar o modelo em duas versões, a da tampa da caixa, com o famoso GREIF do Afrika Korps em 1942, em dois tons de camuflagem. Mas vou fazer a versão “ADLER”, que foi um presente da Luftwaffe ao Marechal de Campo.

s-l1600_1

 

 

No Comments Yet

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>